Skip navigation


Musée Picasso no Hôtel Salé, Marais, Paris

O Hôtel Salé é um dos palacetes mais bonitos que se conservam no Marais. Foi construído entre 1656 e 1661 para Pierre-Aubert de Fontenay, o coletor do Imposto do Sal, daí sua denominação (“palácio salgado”). O arquiteto Jean Bouiller de Bourges desenhou para o seu cliente e para a mulher, Marie Chastelain, um amplo conjunto arquitetônico com pátio de honra, um edifício principal com uma fachada monumental, confinada com edifícios anexos. Especialmente imponente é a escadaria, ornamentada por Martin Desjardins, com suntuosas esculturas. Por cima da coluna coríntia encontram-se medalhões com os bustos dos casais de monarcas mais famosos da Antiguidade Clássica. Os tondos de Atlante estão encaixilhados e os seus gestos fazem lembrar uma pintura de Michelangelo. O teto foi minuciosamente trabalhado com baixos-relevos de grinaldas, espirais, anjinhos e máscaras em estuque. Deparamo-nos por toda parte com as iniciais entrelaçadas dos primeiros proprietários, Aubert e sua mulher. O embaixador veneziano residiu a partir de 1671 no grande edifício. Depois deste, chegaram e partiram muitos proprietários; o palácio foi confiscado durante a Revolução e, em 1815, foi transformado em instituição de ensino para rapazes. Honoré de Balzac (1799-1850) fez seu último ano de escola ali e reteve as suas memórias no romance Les Petis Bourgeois. Em 1962, a cidade comprou o palácio, entretanto já bastante degradado e transformou-o no Musée Picasso, após um restauro completo (1976-1979).

Musée Picasso, Hôtel Salé, Paris – fachadas principal e posterior – fotos beatriz brasil 2008

A Coleção    A última mulher de Picasso, Jacqueline, morreu em 1986, treze anos depois do marido. Para se defenderem do imposto sucessório, os herdeiros doaram ao Estado francês cerca de 250 quadros, 160 esculturas, inúmeras folhas e cadernos com desenhos, bem como baixos-relevos e cerâmicas. A doação incluía a coleção privada de Picasso, obras de Braque, Cézanne, Matisse, e de outros, com os quais o artista mandara fazer uma exposição pública. Esta coleção pode ser vista em diferentes salas no primeiro e no segundo andares. Graças a aquisições adicionais, o Musée Picasso apresenta atualmente um mostra muito completa da obra de um dos maiores artistas do século XX. Através de uma visita organizada cronologicamente, revela-se ao visitante uma obra que abrange a fase tardia do artista, marcada por uma grande força criativa e uma evolução constante. O Hôtel Salé, de estilo barroco, condiz bem com a arte dos modernos – quanto mais não seja, pela arquitetura de interiores de Roland Simounet, cujas rampas, terraços e partes das divisões parecem uma transposição arquitetônica do Cubismo. O mobiliário de formas puristas, da autoria de Diego Giacometti, especialmente os lustres frágeis, remete para a linguagem formal, reservada e prazenteira de Picasso.

Musée Picasso, Hôtel Salé, Marais – Paris – foto beatriz brasil 2008

escadaria do Mussé Picasso – foto beatriz brasil

Obras que podem ser vistas no Musée Picasso, Hôtel Salé

Pablo Picasso (1881-1973) – Auto-retrato, 1901 – óleo sobre tela

Pablo Picasso – Natureza morta com cadeira empalhada, 1912 – óleo e tela encerada sobre tela, cordel

Pablo Picasso – Nu Grande com Cadeira Vermelha, 1929 – óleo sobre tela

Pablo Picasso – Retrato de Marie-Thérèse, 1937 – óleo sobre tela

Pablo Picasso – Retrato de Dora Maar, 1937 – óleo sobre tela

Pablo Picasso – Nadadores, 1956 – bronze, altura entre 136cm e 226cm

"Oa Nadadores", esculturas – Pablo Picasso – Mussé Picasso – Hôtel Salé, Paris – foto beatriz brasil 2008

crédito das fotos: beatriz brasil

texto reproduzido do livro: Paris – Arte e Arquitetura – Martina Padberg. Edição em portugues, 2008. Ed. Ullmann. www.ullmann-publishing.com



2 Comments

  1. Legal.Gostei das fotos.Na primeira foto, é um vidro que tem em frente ao prédio?

  2. oi Eder, é um espelho. Foi colocado no meio da fachada e direciona o visitante à entrada principal sem criar uma barreira, dando a sensação de que vemos a fachada completa. Vou colocar uma outra foto depois, da fachada posterior, nela dá pra perceber melhor a idéia.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: