Skip navigation


conteúdo da página arquitetando    http://bhpbrasil.spaces.live.com/

 

Os arquitetos do Renascimento

   

Filipo Brunelleschi (1377 – 1446) – Foi o primeiro arquiteto a estudar com profundidade a arquitetura antiga buscando medir monumentos rigorosamente e procurando métodos para transpor as relações métricas para o papel.

 

Através de seus estudos desenvolveu a perspectiva linear, que consiste num processo geométrico de projetar o espaço numa superfície plana. Sua principal característica é o ponto de fuga, para onde seguem séries de linhas paralelas. Essa descoberta de Brunelleschi foi mais científica que artística e ganhou grande importância entre os artistas, pois era objetiva e racional. A perspectiva matemática tornou possível a representação de um espaço tridimensional numa superfície plana, fazendo com que todas as medidas permanecessem medíveis. Assim, tornava-se possível reconstruir a planta de um edifício a partir do seu desenho em perspectiva.

   

Por meio de seus estudos e utilizando-se de criatividade e destreza, Brunelleschi combinou os elementos clássicos sem quebrar o ritmo, introduzindo um novo tipo de abóbada cuja superfície curva era formada pela parte superior de uma cúpula de raio igual a metade da diagonal do compartimento quadrado na qual seria sobreposta. Seus arcos assentavam sobre colunas nas paredes externas evidenciando os contornos ou juntas das unidades. Evitando as arestas e nervuras, Brunelleschi criou uma abóbada “de uma só peça” simples e geometricamente regular que fez de cada trama, uma unidade distinta. Com o ressurgimento das formas e proporções clássicas, Brunelleschi transformou a linguagem arquitetônica da época num sistema estável, preciso e baseado em estudos científicos.

 

vista aérea da Catedral de Florença – fonte Google Earth 

 

Brunelleschi fez seu aprendizado como ourives, porém, foi atraído pela arquitetura, tornando-se engenheiro e projetista de edifícios. Em sua arquitetura existem diferenças entre o aspecto da engenharia e a utilização da ornamentação clássica.

 

Sua primeira grande obra foi a construção da cúpula da Catedral de Florença, para qual inventou um sistema de andaimes e um método de construção com tijolos. O domo da Catedral foi concebido em escala comparada às ruínas romanas.

 

Cúpula da Catedral de Florença. Filipo Brunelleschi. Foto beatriz brasil. 2008. 

 

Brunelleschi foi considerado o pai da engenharia moderna pelas suas descobertas como a perspectiva matemática e pela introdução do projeto de igrejas em plano central, que substituíram a antiga basílica medieval. A principal técnica desenvolvida por ele foi a de construir duas células, uma apoiando a outra, encimadas por uma cúpula estabilizando o conjunto.

 

Observando as obras do arquiteto percebemos sua segurança em incluir elementos clássicos nas edificações, como vemos no Pórtico do Hospital dos Inocentes, em Florença, onde foram projetados arcos de voltas perfeitas, esculturas colocadas em espaços definidos entre eles, no centro dos círculos, formando “medalhões” de forma simples.

 

Na Capela dos Pazzi, também em Florença, construída entre 1430 e 1444, observamos o típico esquema da fachada que abriga um arco central de volta perfeita ligando duas seções de colunatas simétricas, apresentadas de forma monumental. Em seu interior destaca-se a arquitrave interrompida que apóia as duas abóbadas de berço que suportam a cúpula hemisférica.

 

Capela Pazzi, Florença, Itália. Fonte www.greatbuildings.com

 

Capela Pazzi, Florença, Itália. Fonte www.greatbuildings.com 

   

O interior da Igreja do Santo Espírito em Florença mostra perfeitamente os critérios da perspectiva. Suas linhas horizontais convergem para um único ponto de fuga e as arquitraves contínuas sobre os arcos de volta perfeita, mantém o sentido geométrico e simétrico, característico da arquitetura renascentista.

 

 

 

Igreja de Santo Espírito. Florença, Itália. Fonte www.greatbuildings.com

 

Igreja de Santo Espírito – Florença, Itália. Fonte www.greatbuildings.com

 

Assim, o principal objetivo de Brunelleschi era racionalizar o desenho arquitetônico e para isso utilizou-se do vocabulário padronizado e regular dos antigos, baseado no círculo e no quadrado. Os principais enfoques de seus edifícios foram a harmonia e a proporção.

 

  Donato Bramante (1444 – 1514) – Foi considerado o criador da arquitetura do Alto Renascimento. Seu estilo surgiu por completo na construção do Tempietto de San Pietro in Montorio, Roma.

 

Este edifício parte de uma plataforma de três degraus, apresentando a rígida ordem dórica clássica nas colunatas. Nas paredes, nichos profundos são contrabalançados pela forma convexa da cúpula e pelos modelados e cornijas acentuadas, apresentando monumentalidade apesar de suas modestas dimensões. Este é o exemplo perfeito da igreja com planta central encimada por um domo, expressando as idéias renascentistas de ordem, simplicidade e harmonia nas proporções.

 

 

Tempietto de Bramante, Roma. Fonte www.greatbuildings.com

 

  Outra obra de sua autoria que transmite bem seus conceitos e forma de utilização dos elementos clássicos é a Casa di Raffaello, em Roma, já demolida. Nesta obra Bramante utilizou colunas maciças para destacar a importância do primeiro andar, marcadas através de ritmo, onde localizavam-se os principais aposentos e no térreo colocou lojas – idéia herdada das construções romanas. Donato Bramante eliminou no edifício clássico a importância da muralha. Assim, as colunas se impunham através da estrutura, a arquitrave e a cobertura, sobre a cúpula.

 

“A lógica do raciocínio arquitetônico tem como imediato efeito a energia convincente da construção, em vez de luxuriante decoração, embevecedora apenas dos olhos superficiais”.

(Donato Bramante) 

2 Comments

  1. muito legal

  2. adoro a italia a terra da pizza, lasanha e uma arquiteruta divina.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: