Skip navigation


 
falando de Picasso

As releituras      Baseando-se num único modelo de história da arte, Picasso realizou longas séries de releituras de quadros de outros pintores. Entre dezembro de 1954 e fevereiro de 1955, nasceram quinze pinturas a óleo, entre as quais as ‘Mulheres de Argel’ (1832) de Delacroix foram agrupadas e retrabalhadas sob uma forma nova. Picasso circunscreveu o exotismo cru do Oriente com cores vivas e de ricos contrastes, combinando sutilmente os meios de representação ilusionistas e abstratos. Durante os anos seguintes, produziu mais de cento e cinqüenta esboços e desenhos sobre ‘As Meninas’ de Velázques e vinte e sete quadros inspirados em ‘Almoço na Relva’ de Manet (entre 1959 e 1962). As séries de releituras, terminou com vários grandes quadros que variaram e reformaram ‘O Rapto de Sabina’.

 

‘Mulheres da Argélia’ – Eugene Delacoix, 1834. Museu do Louvre, Paris.

‘As Mulheres da Argélia’ – Pablo Picasso, 1955. Coleção particular. Fonte: Livro Picasso. Editora Taschen, 2006.

 ‘As Mulheres da Argélia’ – Pablo Picasso, 1955. Coleção particular. Fonte: Livro Picasso. Editora Taschen, 2006.

 

‘Almoço na Relva’ – Edouard Manet, 1863. Museu d’Orsay, Paris.  Fonte: Livro Picasso. Editora Taschen, 2006.

‘Almoço na Relva’. Pablo Picasso, 1961. Coleção particular. Fonte: Livro Picasso. Editora Taschen, 2006.

‘Almoço na Relva’. Pablo Picasso, 1960. Museu Picasso, Paris. Fonte: Livro Picasso. Editora Taschen, 2006.

   

‘O Rapto das Sabinas’. Nicolas Poussin, 1637-1638. Museu do Louvre, Paris.

‘O Rapto de Sabina’. Pablo Picasso, 1962. Museu Nacional de Arte Moderna, Centre Georges Pompidou, Paris. Fonte: Livro Picasso. Editora Taschen, 2006.

‘O Rapto de Sabina’. Pablo Picasso, 1963. Museum of Fines Arts, Boston. Fonte: Livro Picasso. Editora Taschen, 2006.

A série de cinqüenta e oito pinturas a óleo e de formatos muitos diversos, todas elas fazendo referência ao célebre quadro ‘As Meninas’ (1656-1657) de autoria do pintor da corte espanhola Diego Velázquez, cujo título se refere às duas damas de honra que fazem parte do grupo de personagens, apresenta o motivo central da obra de Picasso: “o pintor e o seu modelo”.

Poucas obras existem em que as condições históricas e sociais da atividade criadora tenham sido representadas de maneira tão magistral. O quadro de Velázquez nos mostra uma grande sala sombria apenas iluminada por algumas janelas laterais. Trata-se do estúdio do artista. Dez personagens, agrupadas na metade inferior do quadro, parecem perdidas na imensidão da tela. São: uma princesa espanhola, duas damas de companhia, dois anões e um cão tranquilamente deitado, o próprio pintor, dois cortesãos e um camareiro. Apesar das diferenças de pose e de posição das personagens, observa-se que o olhar delas está fixo num único e mesmo ponto. Estão concentrados num ‘cara-a-cara’. O objeto da atenção delas nos é mostrado no espelho pendurado no fundo da sala e que reflete, os rostos do casal real. A realidade da vida do pintor da corte que foi Velázquez é, pois, formulada com uma grande clareza, mas também com muita sutileza. A vida da corte era regida por uma etiqueta rigorosa que exprimia a hierarquia, o que a composição exprime pelos seus meios próprios: nesta cena, o artista é uma figura magistral.

"As Meninas’.  Velázquez, 1656. Museu do Prado, Madri. 

 

‘As Meninas’. Pablo Picasso, 1957. Museu Picasso, Barcelona. 

‘Les Ménines d’après Velázquez’. Pablo Picasso, 1957. Museu Picasso Barcelona.

Como o próprio Picasso declarou, Velázquez surge como o “verdadeiro pintor da realidade”. Desde sempre, tratava-se de dar a esta realidade uma nova forma. Ao contrário da série de releituras sobre as ‘Mulheres de Argel’ de Delacroix, a grande composição de conjunto abre a série. Enquanto exposição do tema, ela apresenta-se como um programa: o artista mudou o formato, re-valorizou fundamentalmente a personagem e a posição do pintor no quadro. Na versão que Picasso dá ao quadro ‘As Meninas’, tudo é mais evidente. As figuras são unicamente apresentadas de frente ou de perfil. É o triunfo de uma vontade única: a de Picasso. O artista é mestre do seu mundo, ele está habilitado a operar nele como entender. A instância concorrente, até mesmo pesada, do poderio real, deixou de ter lugar.  

  Picasso e os grandes Mestres

outras releituras
 
As imagens abaixo foram retiradas do álbum da exposição: Picasso et les Maîtres, Musée Picasso, Paris, 2008.
 
 
"Nu couché’. Pablo Picasso, 1969. Coleção particular.
 
 
‘Odalisque en grisaille’. Jean-Auguste-Dominique Ingres, 1824-1834. The Metropolitan Museum of Art, New York.
 
 
‘Les Demoiselles des bords de la Siene d’après Courbet’. Pablo Picasso, 1950. Kunstmuseum.
 
 
 
‘Les Demoiselles des bords de la Siene’. Gustave Courbet, 1857. Musée du Petit Palais, Paris.
 
 
‘Portrait de Lee Miller en Arlésienne’. Pablo Picasso, 1937. Musée Réattu, Arles, França.
‘L’arlésienne (Madame Ginoux). Vincent van Gogh, 1888. Musée d’Orsay, Paris.
 

‘Grande baigneuse’. Pablo Picasso, 1921. Musée d l’Orangerie, Paris.

 

‘Baigneuse assise dans un paysage’. Auguste Renoir, 1895-1900. Museu Picasso, Paris.

About these ads

11 Comments

  1. Delicioso Espaço de bom gosto, sensibilidade e maturidade artística… Parabéns Beatriz!Semana linda, fim-de-semana mais ainda…Com um Abraço e um beijo!

  2. muito gostoso ter encontrado seu espaço… beijos na alma

  3. amei ess espaço

  4. Hiiiiiiiiilllllaaaaaaaarrrrrrrrriiiiiiiiiiiiioooooooooooo ………. muito bom esse espaço….. show de bola….

  5. Olá amiga vim te visitar, olhar este artista e suas obras. Incrivel estas releituras. Já li muito a respeito e vejo novidades aqui. O artista plástico inspira-se em outro para dar forma à sua arte foi o que fez Picasso . Em arte usamos as releituras com crianças. Você num faz ideia como o traçado enriquece com esta atividade, e o melhor disso é que as crianças gostam e muito.Gostei muito amiga. Um grande abraço para ti.

  6. Passei e entrei por acaso.Parabéns!Bjissss

  7. olllaa

  8. Muito louco esses kras sao bons pra caramba desenho muito bem

    abraços pros homens bjs para as mulheres

  9. ESSE site me ajudou muito. E esse cara desenha muito!!!!!.kkkk.

    • Picasso é um dos maiores artistas de nosso tempo. Espero continuar ajudando com o blog. Em breve, colocarei novos textos e imagens.
      obrigada pelo comentário.
      Beatriz Brasil

  10. Obrigada por todos os comentários e sugestões. Serão providenciadas! abraços a todos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 36 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: