Skip navigation


SEMANA DE ARTE MODERNA DE 1922
texto beatriz brasil
 

conteúdo da página arquitetando    http://bhpbrasil.spaces.live.com/

 

Antecedentes históricos        A vinda da família real portuguesa para o Brasil trouxe juntamente com a Corte de João VI, a arte e os costumes europeus. A Missão Francesa também exerceu grande influência na arte e na arquitetura, especialmente no Rio de Janeiro. Foi adotado inicialmente o Barroco e, a partir de 1816, com a vinda de Grandjian de Montigny, fundador da Escola de Belas Artes no Rio de Janeiro, o estilo Neoclássico. A partir de 1880 ocorre a Belle Époque brasileira que perdura por um período aproximado de trinta anos, até a Guerra de 1914.

Este período artístico teve grandes vínculos com a França. Na segunda metade do séc. XIX foram realizadas em Paris, grandes exposições de escultores e pintores que determinaram a estética da época. Nestas mostras foram confrontadas as tendências dos adeptos do Neoclássico com os do Romantismo.  Em 1878 uma exposição marcou a consagração do Impressionismo. Em 1889, a dos Simbolistas e em 1900, a da Art Nouveau. Nestas exposições foram premiados artistas brasileiros como Eliseu Visconti, Bernardelli e Pedro Américo, trazendo para o Brasil a mais moderna arte produzida na Europa.

 

Semana de Arte Moderna de 1922

 

Vários fatores contribuíram para que a Semana de Arte Moderna de 1922 fosse realizada. Em 1912, Oswald de Andrade, influenciado por uma viagem à Europa, escreveu críticas à pintura nacional produzida até aquele período. Lasar Segall, em 1913 foi para São Paulo e apresentou um estilo novo, moderno, expressionista. Em 1917, Anita Malfatti fez uma exposição de seus trabalhos, sendo duramente criticada por Monteiro Lobato.

A Semana de Arte Moderna ocorreu de 11 a 18 de janeiro de 1922 no Teatro Municipal de São Paulo. O objetivo desta mostra foi apresentar as novas tendências artísticas que já haviam despontado na Europa – as vanguardas artísticas. Num período de agitações no Brasil, os intelectuais pretendiam abandonar velhos valores estéticos, adotando um novo estilo que valorizasse o que era nacional.

 

Este descontentamento foi manifestado através da literatura, das artes plásticas e da música. Na pintura destacou-se Anita Malfatti, que realizou a primeira exposição modernista brasileira em 1917, influenciada pelo Cubismo, pelo Expressionismo e pelo Futurismo. Essa arte nova apareceu inicialmente através da atividade crítica e literária de Oswald de Andrade, Menotti del Picchia, Mário de Andrade e de alguns outros artistas que foram se conscientizando do momento em que viviam.

 

Oswald de Andrade em 1912, começou a falar do Manifesto Futurista de Marinetti, que propunha “o compromisso da literatura com a nova civilização técnica”, alertando para a valorização das raízes nacionais, que deviam ser o ponto de partida para os artistas brasileiros. A partir disso foi criado o movimento Pau-Brasil, quando artistas escrevem para jornais expondo suas idéias renovadoras em torno de uma nova proposta estética. A exposição de Anita Malfatti provocou uma grande polêmica entre os acadêmicos. Essa divisão entre os defensores de uma estética conservadora e os de uma renovadora prevaleceu por muito tempo e atingiu seu clímax na Semana de Arte Moderna realizada em 22. Na exposição foram apresentados concertos e conferências, mostras de artistas plásticos, trabalhos dos arquitetos Antonio Moya e George Prsyrembel, dos escultores Vítor Brecheret e W. Haerberg e dos desenhistas e pintores Anita Malfatti, Di Cavalcanti, John Graz, Martins Ribeiro, Zina Aita, João Fernando de Almeida Prado, Ignácio da Costa Ferreira, Vicente do Rego Monteiro e Di Cavalcanti (o idealizador da Semana e autor do desenho que ilustrou a capa do catálogo).

 

 

Do ponto de vista artístico o objetivo da Semana de Arte Moderna, era o de situar a nossa literatura, nossa arte e nossa música na modernidade contemporânea. Assim, através da exposição, o Brasil teve contato com a visão do mundo através das novas vanguardas artísticas européias, o que influenciou o país também na área política.

 

“O catálogo oficial da Semana assim apresenta os seus participantes:
                        Pintura - Anita Malfatti, Ferrignac, J. F. de Almeida Prado, John Graz, Martins Ribeiro, Vicente do Rego Monteiro e Zina Aita, Escultura – Vitor Brecheret e W. Haarberg, Arquitetura – Antonio Moya e Georg Przyrembel.”

 

A abertura da Semana de 22 contou com uma conferência realizada por Graça Aranha na primeira noite. Seguiram-se apresentações de música com Villa-Lobos e Ernani Braga. Outra conferência, desta vez de Ronald de Carvalho seguiu a noite. Na segunda noite houve uma palestra de Menotti del Picchia, ilustrada com poemas de vários escritores modernistas, entre eles Oswald de Andrade, Mário de Andrade, Sérgio Milliet e Plínio Salgado. Houve também palestras de Mário de Andrade e de Renato de Almeida, além das apresentações musicais e de dança. Num determinado momento, Oswald pôs o teatro abaixo, quando declarou "Carlos Gomes é horrível".

 

 

A terceira noite foi totalmente dedicada à música, portanto, incidentes e manifestações não eram esperados, não fosse o fato de Heitor Villa-Lobos subir ao palco vestindo um casaco e calçando chinelos. Porém, nada havia de futurístico ali, apenas uma infecção no pé que atacou o maestro. O público revoltado com a "ousadia" e/ou predisposto a intervir no espetáculo, acabou agitando as apresentações musicais. Mas quem realmente causava o tumulto do público nas apresentações eram os escritores. Alguns jornais da época chegaram a afirmar que os tumultos causados no teatro eram "organizados" pelos próprios modernistas, a fim de aumentar a repercussão, o que não foi comprovado.

About these ads

3 Comments

  1. thanks

  2. é muito interessante

  3. pq So paulofoi escolida para q a semana 22 acontecesse la?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 39 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: